Whatsapp no Varejo: uma ponte entre os mundos físico e digital

Não é de hoje que o marketing digital deixou de ser exclusividade de lojas do varejo virtual. Cada vez mais, supermercados e varejistas buscam meios de alcançar fãs e clientes na rede. Mas o setor vive uma encruzilhada. Meios tradicionais como e-mail marketing e mídias sociais estão em franco declínio. Com mudanças no algoritmo do Facebook, as páginas de marcas e empresas alcançam menos de 8% de seus fãs, em média.

Não por acaso, cada vez mais empresas estão fazendo experimentos com o Whatsapp. A enorme base de usuários, altíssimo engajamento e aceitação dos usuários estão fazendo do aplicativo a nova fronteira do marketing digital. Mais de 120 milhões de brasileiros utilizam hoje o aplicativo, ou 9 em cada 10 pessoas com acesso à internet.

Hoje, com o surgimento de ferramentas automatizadas e escaláveis, o canal pode ser integrado de forma simples e econômica no mix de marketing de supermercados e varejistas. O Whatsapp é ideal para divulgar ofertas, promoções e mensagens emotivas que vão parar direto na tela de notificação dos usuários. Conheça outras vantagens:

5 motivos para utilizar o Whatsapp no varejo físico

– Ganhar novos clientes: o Whatsapp é um app utilizado diariamente por pessoas de todas as faixas etárias, instalado em praticamente todos os smartphones do Brasil
– Estreitar relacionamentos: o Whatsapp é um espaço íntimo e pessoal onde sua marca tem a chance de dividir espaço com conteúdo de amigos e familiares
– Aumentar a confiança: o conteúdo pode ser distribuído de maneira emotiva por meio de texto, imagens, vídeos, áudios, links e emojis
– Personalização: mensagens e ofertas podem ser enviadas a indivíduos ou a grupos maiores de acordo com interesses específicos
– Marketing efetivo: o alcance e o engajamento do Whatsapp são imbatíveis. Para empresas, este é um canal de comunicação rápido, conveniente e barato

Como se vê, o Whatsapp é uma ferramenta que ajuda a suavizar as linhas que separam o comércio virtual do físico. Conheça 7 ideias sobre como utilizar o Whatsapp em supermercados e no varejo:

1. Ofertas e promoções

O Whatsapp é hoje o melhor veículo para divulgar promoções e ofertas. Taxas de abertura chegam a ultrapassar 90%. Além disso, a entrega é instantânea, e a maioria das mensagens é lida logo nos primeiros minutos após o envio. O recurso viabiliza toda uma nova categoria de campanhas. Promoções relâmpago são exemplos disso. É comum hoje que supermercados criem ofertas especiais de curta duração apenas para assinantes de sua lista de Whatsapp.

O canal também pode servir para replicar conteúdos divulgados em plataformas como Facebook, newsletters para e-mails e mídias tradicionais como propagandas de TV (em vídeo) e rádio (áudio).

2. Campanhas de fidelização

Em tempos de guerra de preços e competição cada vez mais acirrada, fidelizar clientes nunca foi tão importante. Por ser uma plataforma íntima e pessoal, o Whatsapp se apresenta como ótimo canal para estreitar o relacionamento com seus clientes.

No exemplo, o varejista SultanCenter utiliza campanha em que compras acima de R$ 200 valem pontos em dobro no cartão fidelidade durante a semana de aniversário do supermercado.

3. Ofereça valor agregado

Vivemos a era do marketing do conteúdo. E o Whatsapp pode ser um veículo para divulgar não apenas notícias atualizadas, mas também conteúdo útil de valor agregado. A marca ganha credibilidade e autoridade, os clientes apreciam suas dicas e certamente comprarão mais de você.

No exemplo, a varejista alemã Springlane envia a seus assinantes receitas de drinks e coquetéis para preparar no verão. Os ingredientes em uso podem ser adquiridos nos supermercados da rede.

4. Atendimento individual

Não se trata apenas de envio em massa. O canal de Whatsapp automatizado também pode se tornar a forma mais conveniente de Serviço de Atendimento ao Consumidor da loja, auxiliando prontamente a clientes de acordo com suas demandas individuais e reforçando proximidade com a marca.

Como podemos ver, o Whatsapp é uma mão na roda para implementar diferentes tipos de serviços extras. Você também pode informar seus clientes sobre o status de pedidos atual ou oferecer uma opção para tirar dúvidas rápidas, entre outros.

5. Sorteios e concursos

Concursos e sorteios permitem que você promova suas ofertas e aumente o alcance de sua marca na rede. Mais uma vez, o WhatsApp se apresenta como ferramenta ideal, especialmente por conta de seu caráter viral. Ao contrário do e-mail, newsletters de Whatsapp costumam ser compartilhadas de forma espontânea em grupos e chats de amigos.

No caso de concursos, seus clientes podem utilizar o próprio chat para enviar mensagens instantâneas, vídeos ou relatos relacionados a um determinado concurso, ou então para se inscrever em sorteios.

6. Pesquisas de opinião

Colher o feedback de consumidores é essencial. Aqui, o Whatsapp também pode ajudar. Através de chatbots de pesquisa, é possível colher a opinião de seus consumidores diretamente no chat do aplicativo de forma simples e instantânea.

Dessa maneira, seus consumidores são convidados a emitir opinião sobre campanha ou ação ainda em fase de planejamento, entre outras aplicações.

7. Eventos e convites para datas especiais

Você está comemorando um aniversário, lançando um novo produto ou serviço ou organizando um evento para seus clientes regulares? Informe seus seguidores usando o WhatsApp e convide-os para a ocasião! Você pode, por exemplo, incluir vídeos e emojis em suas mensagens para torná-los mais emotivos e pessoais.

Conclusão

O smartphone é hoje é um auxiliar de compras indispensável para a maioria dos consumidores de varejo. O Whatsapp permite que os varejistas aprimorem a experiência de compra de seus clientes e estreitem o relacionamento com a marca. A comunicação em massa pela plataforma permite a entrega de valor agregado de forma inovadora, com criação de ofertas personalizadas, notícias relevantes ou um serviço de atendimento ao cliente genuíno, entre outras modalidades.

FONTE: www.zapcast.com.br

Natal e o marketing de oportunidade

No mundo empresarial, as datas comemorativas são vistas como uma oportunidade de aumentar as vendas e prospectar novos clientes. No final do ano, tal fato, fica ainda mais evidente. Inspiradas pelo clima festivo, as pessoas ficam instigadas a consumir muito mais. É o momento das empresas agirem!

As promoções já começam em novembro, com a Black Friday. A data, que caiu no gosto dos brasileiros, mobiliza diversas lojas. Esse ano, de acordo com dados da Serasa Experian, nos dias 25 e 27 de novembro, houve um crescimento de 11% nas vendas do comércio de rua e shoppings centers no Brasil. No universo on-line, não foi diferente. Segundo a consultoria Ebit, ocorreu uma alta de 17% no comércio eletrônico em comparação com o evento do ano passado.

E em meio a essa corrida contra o tempo, todo mundo quer garantir o menor preço e qualidade. Mas, é preciso ter cautela ao ofertar um produto/serviço. Dependendo da promoção que for lançada, ela pode ser negativa para a organização, caso não atenda as reais necessidades dos consumidores. É importante definir bem a estratégia a ser adotada para não cometer erros. Afinal, com crise ou sem crise, o Natal está entre as datas que acumulam o maior volume de vendas.

Mas, afinal, por que as empresas têm mais oportunidades de vendas nessa data?

1º As pessoas estão mais dispostas a gastar. O 13º é um incentivo para que isso aconteça.

2º É mais fácil de apresentar algo novo, uma vez que, os consumidores buscam fugir do habitual para presentear.

3º O interesse pelo consumo cresce. Isso é impulsionado pelas propagandas e pelo clima festivo.

E quais estratégias podem ser utilizadas para aumentar as vendas?

Posicionamento: é preciso estar bem colocado no mercado, principalmente nas redes sociais. A apresentação, a forma como você se comunica com o cliente, faz toda diferença. É essencial manter um marketing de relacionamento forte com o consumidor, só assim, ele vai se lembrar de você.

Clareza: não ofereça algo que você não possa dar. É preciso ter cuidado com descontos absurdos que estão fora do orçamento da sua empresa.

Benefícios: todo mundo gosta de ganhar um mimo. Pode ser um brinde, um frete grátis, um voucher etc. Isso aproxima a empresa do cliente e mostra o quanto ele é especial pra ela.

Valor: demonstre o quanto o seu produto/serviço é diferente. Vá além do habitual. Ofereça algo a mais. Mostre a diferença que ele vai fazer na vida do consumidor que o adquirir.

Gerenciamento de gastos: controle seu orçamento. Tenha anotado seus gastos com despesas de matéria prima, locação, mídia etc., não extrapole o que estava previsto.

Fidelização: a retenção é muito importante, mas a fidelização é essencial. Aproveite essa data para conquistar seus clientes e fazer deles potenciais consumidores em 2017. Adote as dicas acima e procure focar cada vez mais no seu mercado.

FONTE: @ideiademkt